ABrasOFFA

Está com vagas abertas para Estagiários em diversas áreas. Possui Convênios com diversas Universidades da Baixada Santista, basta ligar para 13-3235-1122 e agendar um horário.

segunda-feira, 5 de agosto de 2013

Santos recebe Grupos Internacionais

Manifestações culturais de países da América do Sul e Ásia, serão alguns dos espetáculos gratuitos que a população de Santos terá a oportunidade de assistir, durante a permanência dos grupos que fazem parte da ETAPA SANTOS, dentro do  Circuito BrasilFestInFolk/2013 e das comemorações dos 26 anos da ONG ABrasOFFA, (Associação Brasileira dos Organizadores de Festivais de Folclore e Artes Populares). 
A entidade vem trabalhando com Cultura de Paz, desde o ano de 1987, quando iniciou os Festivais Internacionais de Folclore no Brasil. Com orientação da UNESCO, a Ong tem procurado realizar eventos voltados para os conceitos difundidos pelo mundo, sendo o intercâmbio cultural entre povos de diferentes culturas, um dos seus mais importantes projetos. Em sua trajetória acumula números bastante significativos de grupos vindos do exterior, de um número expressivo de voluntários e da criação de Festivais pelo Brasil e exterior. 

Pela primeira vez no Brasil um Grupo  da Indonésia, Kencana Pradipa irá participar de todo o Circuito, iniciando pela cidade de Porto Alegre e chegando à São Paulo, nos próximos diasO sincronismo dos componentes do grupo chama atenção.  Perfeição,  talvez possa definir o que o grupo mostra no seu espetáculo,  além dos trajes exóticos que encantam o público. 
Os componentes são Universitários da Faculdade de Psicologia e tem como objetivo preservar a herança cultural da Indonésia. 

Da América do Sul, os Grupos da Argentina, do Chile e da Venezuela, darão o toque latino. A Argentina vem da cidade de Santa-Fé  e se chama Allpamanta , alguns dos seus componentes são bailarinos de diferentes partes do país. 

O Grupo do Chile vem da cidade de Punta Arenas e procura resgatar as tradições culturais da Patagônia e Chile. Já o Grupo  Tambor Tureño vem  da Venezuela e faz um verdadeiro passeio geográfico musical, por este país. Alguns grupos brasileiros também fazem parte do Circuito \BrasilFestInFolk/2013 que este ano percorre três Estados Brasileiros. 

Segundo a Presidente da ABrasOFFAEdvânia Félix do Carmo,  o evento proporciona às pessoas a oportunidade de conhecer culturas diferentes , além de resgatar  as tradições existentes em nosso país. 
Para a sobrevivência do evento  e para enfrentar as dificuldades da organização , nas questões como alimentação, hospedagem e transporte, nos últimos 15 anos o evento tem sido realizado com inúmeros parceiros de outras cidades do Brasil, como Ongs, CTG ( Centros de Tradições Gaúchas ), Poder público das cidades envolvidas e a comunidade. 

Esta foi a maneira encontrada pela idealizadora do evento,  a Professora Universitária e Mestre Helena Lourenço, que apostou nas parcerias e  no crescimento  dos Festivais Internacionais  pelo Brasil. 
As dificuldades em se manter eventos internacionais requer além de uma logística ampla toda uma estrutura de alimentação, hospedagem e transporte , itens obrigatórios para uma cidade sediar o evento. 
Dependendo da estrutura  da cidade, a organização oferece um maior número de grupos  para participarem das etapas, realizadas nas cidades sedes. Um dos exemplos de grande estrutura é o Estado do Rio Grande do Sul, onde o  evento ocorre em mais de 10 cidades e reunirá mais de 32 grupos folclóricos do Brasil e de países estrangeiros. 



Em Santos, o Festival será de 21 de agosto a 03 de setembro, acontecendo durante a semana, sempre às 12 horas na Praça Mauá, num palco montado especialmente para este fim e às 19 horas em escolas do município e na UNIP da Rangel Pestana, com entrada gratuita em todos os espaços. 
Num ano em que o voluntariado volta a ser destacado, vale a pena ressaltar o trabalho dos voluntários do evento e que são carinhosamente chamados de “ amarelinhos “ devido ao colete que utilizam desde a década de noventa e que são facilmente identificáveis pelos estrangeiros durante as atividades do evento. A maioria são jovens universitários e profissionais liberais que prestam apoio ao evento durante sua organização. 

Segundo, relato dos próprios amarelinhos, este tipo de evento, possibilitou além da troca de experiências, a participação dos mesmos em Festivais Internacionais de Folclore em alguns países como Argentina, Chile,Espanha,  México, Paraguai, Polônia e Republica Tcheka.

tipo de Gestão Brasileira,  que a ABrasOFFA   utiliza na sua organização tem servido de modelo na organização de Festivais Internacionais  na Europa e na América Latina e isso tem servido de estímulo aos intercâmbios culturais que os jovens voluntários tem participado, além do incentivo ao estudo de outros idiomas. 
Com isso a entidade,  tem seguido algumas orientações da UNESCO, quanto a criação de projetos que envolvam os princípios da Cultura de Paz ,  projetos estes , reconhecidos no Salão Internacional das Melhores Iniciativas pela Paz, realizado em Paris, com o apoio da UNESCO e a contribuição na Organização do Relatório Mundial da Década da Paz , apoiado pelo órgão e entregue à ONU no ano de 2010, onde a ABrasOFFA teve  um grande  destaque. 

"ABrasOFFA(Associação Brasileira dos Organizadores de Festivais de Folclore e Artes Populares) Organização Não Governamental, sem fins lucrativos, com título OSCIP(Organização de Sociedade Civil de Interesse Público)Fundada em agosto de 1992 ,  a entidade desenvolve projetos sociais e culturais, intercâmbios culturais,  com o objetivo de preservação das artes populares . "

SedeAvenida Rodrigues Alves, n 476 – Encruzilhada – Santos-Sp 
(13)3222-5772 – e-mail: abrasoffa@abrasoffa.org.br  
Página na  web: www.abrasoffaong.blogspot.com  / www.abrasoffa.org.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário