ABrasOFFA

Está com vagas abertas para Estagiários em diversas áreas. Possui Convênios com diversas Universidades da Baixada Santista, basta ligar para 13-3235-1122 e agendar um horário.

terça-feira, 3 de dezembro de 2013

Diário de viagem.... Agrestina - PE dia #1

Bom dia....
Meu nome é Helora Schlegel sou voluntária / Amarelinha na ABrasOFFA e vou fazer relatos da aventura que começa dia 03 (hoje) até dia 08 de dezembro.
A função desses relatos é divulgar e também contar como está a experiência de um nascimento de um FESTIVAL. 

Um dia de viagem sempre é bem cronometrado. Pois os valores investidos não são nada baratos...

Mas deu tudo certo. Desde a hora de pegar o ônibus até o aeroporto foi tudo certo.
Sai de São Paulo as 16h55 e chegada as 19h em Recife. Sabendo que em Recife não tem horário de verão, eu voltei no tempo....UAHSUAHSUHAS
De Recife até Agrestina são 2h de carro.




AGRESTINA - PE:



Agrestina teve origem, através dos retirantes que passavam na região, afim de trabalhar nas plantações de cana-de-açúcar. Para fugirem da seca um poço foi cavado às margens do Rio Mentirosos que servia de parada para os sertanejos surgindo assim o primeiro nome do povoado "Bebedouro". 

Com a grande movimentação de retirantes, naquele local foi encontrado uma estátua de Santo Antônio, em porcelana Portuguesa com detalhes em ouro, provavelmente esquecida por algum dos viajantes que futuramente veio a se tornar padroeiro da cidade. A emancipação política aconteceu em 11 de setembro de 1928 durante o mandato do Prefeito Manuel Alves da Silva desmembrando-se, assim do município de Altinho. 

Agrestina perpetua até hoje muito de sua cultura, por isso é conhecida como a terra da Mazuca, capital do Chocalho e terra do Alfinim.  Na comunidade de Pé de Serra dos Mendes, distante da área urbana 9 km existe uma comunidade remanescente de quilombolas com cerca de 180 famílias. Nas redondezas podem-se encontrar furnas onde escravos fugidos de senzalas se escondiam de seus senhores e ainda, casas antigas que guardam traços da exploração negra na região.


No distrito de “Barra do Chata” distante de Agrestina 8 Km destaca-se o artesanato da  rede de pescar e crochê. Na cidade se perpetua a arte da talha em madeira, além da arte medieval em lustres, luminárias e Brasões. No sítio Serra do Jardim o potencial ecológico chama a atenção. Resquícios de Mata Atlântica guarda espécies vegetais e animais.



Atualmente a cidade tem a população de: 22.679 habitantes (CENSO IBGE 2010);
Mais informações Geograficas: Clique aqui

Como não resisti, tive que ir na cabine do avião e tirar foto:


Embarque / Lanche


Por do SOL...

Até amanhã =D



Nenhum comentário:

Postar um comentário